GUIA | Google em 2019: como gerenciar as avaliações, pesquisa de hotéis e o Google My Business. LEIA AGORA >>

Os robôs estão mudando a maneira em que a experiência do hóspede é medida na indústria hoteleira?

Em uma época em que os viajantes estão desejando ter experiências únicas, o que acontece quando você coloca robôs na equação? Será que as pessoas preferem um toque pessoal ou querem inovação e eficiência?

Imagine este cenário. Você está relaxando no teu quarto e liga para a recepção do hotel para pedir uma toalha. Minutos depois, batem na porta e do lado de fora está um robô te esperando com uma toalha de banho perfeitamente dobrada. Você apreciaria esta inovação ou não gosta da falta de interação pessoal?

Este não é um conceito do futuro porque já existe. Vários criadores de robôs ajudantes autônomos estão tentando revolucionar a experiência do hóspede, oferecendo tecnologia para melhorá-la. Algumas propriedades já estão usando estes robôs: Marriott tem o Mario que recebe os seus hóspedes em Gante, o Hilton tem a concierge Connie na Virgínia e o InterContinental tem a Dash, que entrega autonomamente itens da equipe para os hóspedes em vários hotéis.

Mario the Robot at Ghent Marriott Hotel

Mario, o Robô no Ghent Marriott Hotel

Os robôs de serviço estão programados para responder a consultas simples dos hóspedes, como a solicitação de uma toalha ou um lanche. Um membro da equipe do hotel pode colocar este objeto no robô e ele é programado para levar isso para um quarto específico. Outros como a Connie no Hilton, podem dizer aos hóspedes o que eles precisam saber sobre onde comer, beber, e qualquer outra coisa que podem querer saber sobre o hotel.

Existem prós e contras ao se ter robôs atendendo aos hóspedes no hotel. Vantagens: é algo memorável e não há possibilidade de que aconteça algum conflito entre os funcionários e hóspedes. Desvantagens: não é tão personalizado e alguns hóspedes podem se sentir desmotivados pela falta de contato humano ou de um sorriso amigável.

O que estamos vendo no ReviewPro é que usando a experiência do hóspede, tanto os hotéis quanto os próprios criadores de robôs, podem monitorar a forma como os robôs estão sendo recebidos pelos hóspedes. Nossa Análise Semântica Avançada pode ser usada para criar alertas de palavras-chave para rastrear e monitorar como os hóspedes estão respondendo aos robôs. Isso permite que os hotéis individuais identifiquem qualquer avaliação online de clientes que contenham comentários relacionados com os robôs para analisar o impacto positivo ou negativo.

Esta inovação na experiência do hóspede demonstra apenas um dos desenvolvimentos tecnológicos interessantes que estão acontecendo na indústria da hotelaria, tanto em termos de tecnologia robótica quanto na forma como o desempenho da satisfação do cliente é medido.

33---Actionable-insights-to-deliver-operational-&-service-excellence